São Joaquim, a cidade da neve no Brasil

A quase 1,5 mil metros de altitude a sensação é de estar diante de uma das maiores obras de arte da natureza.


Famosa nos noticiários nacionais por ser uma das cidades brasileiras “escolhidas” pela neve durante o inverno, São Joaquim é de fato, uma cidade fria. A temperatura média é de 18ºC no verão e no inverno, os termômetros atingem com facilidade os 5ºC. É justamente esta temperatura baixa e o solo fértil que tornaram a cidade uma das maiores produtoras de maçã do país.

A pacata São Joaquim (estado de Santa Catarina), com seus 24 mil habitantes, é conhecida pela maçã e pelo frio. O cultivo da fruta é a principal atividade econômica da cidade – ao circular pelas estradas de terra no interior do município é comum ver pequenas plantações de macieiras ao lado das casas simples dos fruticultores.

Basta a previsão do tempo indicar possibilidade de neve, prenunciada pelo vento Sul, para que visitantes de todos os cantos comecem a chegar. É quando a neve cai pra valer, adultos se juntam às crianças nas brincadeiras até então conhecidas apenas pelos filmes e documentários de TV, como a guerra de bolas e a construção de bonecos de neve gorduchos.

A colheita da fruta começa em janeiro e se estende por dois ou três meses, oferecendo belíssimas paisagens. Em abril, a Festa Nacional da Maçã atrai milhares de turistas a São Joaquim.

O Parque Nacional da Maçã, onde a festa é realizada a cada dois anos, é também uma boa opção de passeio para quem visita a cidade fora deste período. Já na saída da cidade, o Vale da Neve espera os que gostam do contato direto com a natureza. O Parque Ecológico é formado por 30 hectares de mata.

O local é impregnado de xaxins gigantes, com mais de 1 metro de altura, e conta ainda com cachoeiras e lagos. São 2.700 metros de trilhas que podem ser percorridas com o auxílio de um guia. Depois desta aventura, é hora de voltar para casa, em direção ao litoral. Mas não pense que o passeio acaba aí: cerca de 40km depois, a Serra do Rio do Rastro espera você com uma paisagem deslumbrante.


Pontos Turísticos



Igreja Matriz A igreja é totalmente construída em pedra basalto, retirada dos morros da região. Na parte externa da igreja, confira esculturas de profetas bíblicos e de Adão de Eva. Ela está localizada na praça central João Ribeiro.

Mirante Permite a vista panorâmica da cidade, com uma bela visão dos campos da região, a 1,4 mil metros de altitude. Acesso pela Rua Major Jacinto Goulart.

Epagri Na Estação Experimental de Fruticultura, que fica a 2 km do centro, é possível ver os modernos equipamentos de pesquisa utilizados para o aprimoramento do cultivo de frutas. De agosto a novembro você poderá ver a floração da maçã – mais de 270 variedades – e, entre fevereiro e abril, a colheita. A visitação é em horário comercial.

Parque Nacional da Maçã É onde acontece a Festa Nacional da Maçã, entre outras feiras e leilões agropecuários. Com 214 mil metros quadrados, possui áreas específicas para camping, canchas de laço, pavilhão de exposições e palco para shows. Fica a 2km do Centro.

Vale da Neve Parque ecológico formado por 30 hectares de mata. O local é impregnado por xaxins gigantes, com mais de 1m de altura, cachoeiras e lagos. São 2,7 mil metros de trilhas que podem ser percorridas com o auxílio de um guia.

Museu Histórico Municipal No espaço Assis Chateubriand você pode visitar exposições temáticas e aprender um pouco sobre a história de São Joaquim. Fica na Rua Major Jacinto Goulart, 168.

Cascata do Pirata Distante 17km do Centro, a cascata possui queda livre de 15m no Rio Postinho. O acesso é pela SC-438, em direção a Bom Jardim da Serra. Anexo à Fazenda Refúgio do Pirata.


Via | São Joaquim